Imagem
Geral

Produtividade e geração distribuída: entenda a relação entre elas

Monday, October 19, 2020

Conheça as possibilidades que a sua empresa pode ter para aumentar o valor agregado por meio da geração distribuída.

Você já ouviu falar em Valor Agregado por Trabalhador? O termo funciona, hoje, como uma das medidas mais comuns utilizadas por governos em todo o mundo para verificar a produtividade de pessoas e empresas. A conta nada mais é do que uma divisão direta da receita operacional líquida do negócio pelo número de funcionários. Acompanhe este artigo e entenda melhor. Vamos lá!

A receita operacional líquida mede toda a riqueza produzida por cada Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). Quando esse negócio reduz seus custos e faz um melhor proveito da sua infraestrutura, utilizando todas as possíveis fontes de receita, ela tem um impacto direto em seu valor agregado – que, claro, fica maior.

Como a geração distribuída pode contribuir com essa conta?

Esse impacto positivo pode chegar tanto a partir do aumento da receita da empresa quanto na redução dos custos desse negócio. Quando isso é feito a partir de um insumo fundamental para qualquer empresa (que, nesse caso, é a energia), os resultados sobre a produtividade são diretos.

Conheça 3 formas de criar novas receitas para a sua empresa a partir da geração distribuída

  1. Arrendar a área do telhado para a formação de consórcios de geração compartilhada

Isso possibilita a criação de uma receita fixa para uma área que, até então, estava sendo inutilizada, como o telhado. Caso haja um estacionamento aberto, por exemplo, o empresário também pode arrendar a área para a implantação de geradores, que também podem funcionar como uma cobertura para o estacionamento. Os dois casos funcionam como uma alternativa para implementar sistemas de energia solar.

  1. Reutilizar recursos inicialmente perdidos

Estrume de criações diversas – como suinocultura, avicultura, entre outras – é uma excelente maneira de aumentar a receita a partir da geração distribuída. Isso é possível a partir do biogás e pode ser objeto de geração compartilhada de energia que carrega um altíssimo valor agregado.

  1. Instalação de pequenas turbinas

Caso exista uma descarga de água com pressão, que normalmente está presente em processos industriais, instalar pequenas turbinas pode gerar receita por meio da geração distribuída por consórcios – ou economia na própria conta. Essa possibilidade, é claro, depende da demanda existente e do potencial de geração de energia, mas a alternativa deve sempre ser considerada.

Esses exemplos que acabamos de descrever acima são as fontes que chamamos de energias incentivadas, já que são renováveis e podem estar presentes em instalações de médio porte.

Na Woltz, o nosso objetivo é sempre gerar valor a partir das fontes disponíveis – e inicialmente desperdiçadas ou inutilizadas pelas empresas. Acompanhe os próximos artigos: vamos apresentar detalhes do funcionamento de cada uma das opções que citamos. Por que não olhar para as oportunidades que a sua empresa oferece agora mesmo?

Reduzir custos fixos, afinal, é sempre uma boa opção. Aproveite para acessar o site da Woltz e simular a economia da sua empresa na conta mensal de energia.

Tags:
Compartilhe:

Copyright © 2020 WOLTZ - All Rights Reserved. DESIGN by Intra Comunicação

Powered by Nature